Monica Riley quer ser a mulher mais gorda do mundo. E não se envergonha de explicar porquê: ao jornalista do Metro, explica que quer atingir os 318 quilos para ficar completamente imóvel e dependente do companheiro. Só assim se sentirá uma “rainha”. Ele, o companheiro, ajuda-a cumprir o sonho. Passa o dia a alimentá-la e os dois falam em “fantasia sexual”.

“É uma fantasia sexual para nós e falamos muito sobre isso. Ele já tem que me ajudar a sair do sofá e da cama”, diz Monica Riley.

As imagens de Monica Riley a exibir a sua gordura e a ser alimentada pelo companheiro, Sid Riley, através de um tubo fazem parte da reportagem do Metro e houve até já quem fizesse um vídeo do casal, que está disponível no Youtube. Os dois vivem no Texas.

IMG_3066

O casal quer ainda ter um bebé. Monica diz ser possível criar uma criança sem sair do quarto. Basta, diz, contratar uma empregada para ajudá-los com a casa.

Sid passa o dia a alimentar a companheira. Além das refeições que cozinha, prepara um batido com gelados e alimentos calóricos que lhe dá através de um tubo. “Quanto mais gorda fico, mais sexy me sinto”, diz Monica, que chegou a ter, há dois anos, marcada uma intervenção cirúrgica para emagrecer. Acabou por desistir e “aceitar-se” como é.