A CITES, reunida em Joanesburgo, “votou contra a proposta da Namíbia e do Zimbabué de autorizar o comércio internacional dos seus elefantes”, anunciou a organização em declaração.

A decisão foi imediatamente saudada pelas organizações de defesa dos animais.