Os juros da dívida portuguesa estavam esta sexta-feira a subir a dois e dez anos e a descer a cinco anos em relação a quinta-feira.

Por volta das 08:35 em Lisboa, os juros da dívida portuguesa a dez anos estavam a subir para 3,358%, contra 3,354% na quinta-feira, 3,564% em 07 de outubro, um máximo dos últimos seis meses, e 2,679% em 15 de agosto, um mínimo dos últimos seis meses.

Com a mesma tendência, no prazo de dois anos os juros estavam a subir para 0,277%, contra 0,276% na quinta-feira, um mínimo dos últimos seis meses, depois de terem avançado até 0,882% em 24 de junho.

A cinco anos, os juros estavam a recuar para 1,850%, contra 1,861% na quinta-feira e depois de terem descido até aos 1,543% em 15 de agosto, um mínimo dos últimos seis meses. O máximo dos últimos seis meses, de 2,233%, foi registado em 16 de junho.

Os juros de Itália estavam a cair a dois anos e a subir a cinco e dez anos e os de Espanha estavam a cair a dois e cindo anos e a subir a dez anos.

Os juros da Grécia a dez anos, os únicos disponíveis, estavam estabilizados e os da Irlanda estavam a descer a dois anos e a subir a dez anos.

Juros da dívida soberana em Portugal, Grécia, Irlanda, Itália e Espanha cerca das 08:35:

2 anos… 5 anos… 10 anos

Portugal

14/10……0,277….1,850…..3,358

13/10……0,276….1,861…..3,354

Grécia

14/10……n disp….n disp…8,316

13/10……n disp….n disp…8,316

Irlanda

14/10…..-0,467….n disp….0,500

13/10…..-0,466….n disp….0,490

Itália

14/10…..-0,088….0,354…..1,380

13/10…..-0,084….0,350…..1,376

Espanha

14/10…..-0,219…..0,126….1,115

13/10…..-0,215…..0,129….1,114

Fonte: Bloomberg Valores de ‘bid’ (juros exigidos pelos investidores para comprarem dívida) que compara com fecho da última sessão.