A Assembleia-Geral da SAD do Benfica aprovou, esta quarta-feira, as contas de 2015/2016, um exercício que fechou com um lucro de 20,080 milhões de euros, em termos individuais, e 20,396 milhões de euros, em termos consolidados. O relatório e contas referia-se ao período de 1 de julho de 2015 a 30 de junho de 2016.

Na assembleia geral, realizada no Estádio da Luz, foram ainda aprovados por unanimidade ou larga margem a proposta de aplicação de resultados, a apreciação geral da administração e fiscalização da sociedade, a declaração sobre a política de remunerações dos membros dos órgãos de administração e fiscalização, bem como a eleição dos membros dos órgãos sociais para o quadriénio 2016/2020.

No final da assembleia, Domingos Soares de Oliveira, administrador executivo da SAD, destacou o facto de, pela primeira vez, se ultrapassar os 200 milhões de euros de receitas.

“Os resultados estão em linha com os dos três últimos exercícios, com resultados e capitais próprios positivos, crescimento das receitas e forte impacto das receitas de televisão”, disse ainda.