531kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 32.99/mês aqui.

Mensagem de Natal: Cristas pede “mobilização máxima” para o CDS

Este artigo tem mais de 5 anos

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, pediu esta sexta-feira, numa mensagem de Natal em vídeo, "mobilização máxima" para levar o partido "bem longe" em 2017, "um ano de extraordinários desafios".

"Que o menino Jesus nasça em todas as casas"
i

"Que o menino Jesus nasça em todas as casas"

MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

"Que o menino Jesus nasça em todas as casas"

MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, pediu esta sexta-feira, numa mensagem de Natal em vídeo, “mobilização máxima” para levar o partido “bem longe” em 2017, “um ano de extraordinários desafios”.

“O próximo ano de 2017 é, para o nosso partido, um ano de extraordinários desafios. Espero que todos estejam mobilizados. Conto com todos e com cada um de vós para a mobilização máxima, para levarmos o nosso partido bem longe”, afirmou Assunção Cristas.

Assunção Cristas - Mensagem de Natal from cdspp on Vimeo.

Numa mensagem em vídeo, a líder centrista deseja “que o menino Jesus nasça em todas as casas, para os que creem”, e “para os que não são crentes, que possam neste tempo reforçar os laços de amizade, de família e de paz”.

Assunção Cristas faz votos de um “tempo muito santo” e “com grande tranquilidade”, que as pessoas possam passar com a família e os amigos.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.