O lucro dos CTT caiu 13,7% no ano passado, face a 2015, para 62,2 milhões de euros, anunciaram esta quinta-feira os Correios de Portugal em comunicado ao mercado.

Excluindo o impacto do Banco CTT, o lucro dos CTT aumentava 5,6% para 85,5 milhões de euros, adiantaram os CTT em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Em 2016, os rendimentos operacionais diminuíram 4,2% para 696,8 milhões de euros, com as vendas e serviços prestados a recuar 5% para 669,7 milhões de euros e os outros rendimentos e ganhos operacionais a aumentar 23,2% para 27,1 milhões de euros.

O aumento de preços dos serviços de correio em 2016 não permitiu compensar a queda do tráfego de correio endereçado que se situou nos -4,2%, muito influenciada por uma redução mais acentuada no quarto trimestre”, referem os CTT.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

“No correio de grandes clientes, a queda no correio registado provocou uma deterioração da receita média unitária deste segmento superior a 2%, agravando o efeito da redução de tráfego nos rendimentos”, adiantaram.

O resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) diminuiu 24,2% para 102,1 milhões de euros.