O arquiteto Carles Muro é o primeiro curador adjunto de Programas de Arquitetura do Museu de Arte Contemporânea de Serralves, no Porto, adiantou esta sexta-feira à agência Lusa fonte do espaço museológico.

“Esta nova posição foi criada pelo reconhecimento da importância crescente da arquitetura, como parte do programa artístico do museu, na sequência da oferta de 40 projetos do arquivo de Álvaro Siza e da colaboração institucional entre a Fundação de Serralves, o Canadian Centre for Architecture, em Montreal, e a Fundação Gulbenkian, em Lisboa”, referiu a fundação, em comunicado.

Colaborando com a diretora do Museu de Serralves, Suzanne Cotter, o curador adjunto tem como funções aconselhar sobre o tratamento em curso, acesso ao “Arquivo Siza” e a sua contextualização em termos de arquitetura contemporânea, contribuir para as exposições e programas públicos e orientar o desenvolvimento futuro da coleção de arquivos ligados à arquitetura, assim como potenciar a expansão da rede de parceiros especializados do museu, quer em termos nacionais quer internacionais.

Carles Muro traz um conhecimento profundo da arquitetura como prática e como história acompanhado por um envolvimento próximo com a obra de Álvaro Siza e com a comunidade portuguesa e internacional ligada à arquitetura”, considerou Suzanne Cotter, citada na nota.

Na sua opinião, Carles Muro terá um papel fundamental no desenvolvimento do trabalho do museu, promovendo a consciencialização, discussão e debate sobre a arquitetura e a sua relação com a arte, a sociedade e a cultura contemporâneas e o reforço do papel central da arquitetura em Serralves como parte do seu ADN físico.

Carles Muro nasceu em Barcelona, em 1964. Estudou Arquitetura na Escola Técnica d’Arquitectura de Barcelona (ETSA), onde se formou em 1991, e trabalhou com Elías Torres e José A. Martínez Lapeña, entre 1987 e 1991, e com Álvaro Siza, de 1992 a 1993, no Porto, antes de iniciar o seu próprio atelier, em 1993.

Entre os projetos construídos da sua autoria contam-se o Mercado Público de Inca (Majorca) e os Centros de Saúde em Castellar del Vallès e Tordera, perto de Barcelona.

Muro é atualmente professor associado de Arquitetura na Graduate School of Design da Universidade de Harvard e foi professor de História da Arquitetura e Design de Arquitetura na ETSA Barcelona (1993-2015).