O Produto Interno Bruto (PIB) da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) cresceu 0,7% no segundo trimestre, acelerando face aos 0,5% no trimestre precedente, segundo dados provisórios hoje divulgados pela organização.

Entre os países do G7, o crescimento do PIB “acelerou intensamente” no Japão (para 1,0%, face aos 0,4% do trimestre anterior) e nos EUA (para 0,6%, contra os anteriores 0,3%) e “ligeiramente” no Reino Unido (que passou de 0,2% no primeiro trimestre para 0,3% no segundo trimestre deste ano).

Segundo a OCDE, a evolução do PIB manteve-se estável em França e em Itália (nos 0,5% e 0,4%, respetivamente), tendo “abrandado ligeiramente” na Alemanha (para 0,6%, face aos 0,7% do trimestre anterior). Já na União Europeia e na zona euro o PIB acelerou “marginalmente”, de 0,5% para 0,6%.

Em termos homólogos, a evolução do PIB nos países da OCDE acelerou para 2,4% entre abril e junho, face aos 2,1% do trimestre anterior, destacando-se entre os países do G7 os bons desempenhos da Alemanha, Japão e EUA (2,1%) e, em sentido inverso, o crescimento de 1,5% da Itália (o mais baixo deste grupo).