Ser mundialmente reconhecida tem destas coisas. A cantora norte-americana Madonna – que já está a viver em Portugal – mostrou-se aborrecida nas redes sociais quando um serviço de encomendas se recusou a fazer-lhe uma entrega. Tudo porque não acreditam que ela é a Madonna.

A fotografia, partilhada por duas ocasiões, aponta o dedo no Twitter à distribuidora FedEx mas, na publicação do Instagram, Madonna refere-se aos serviços alfandegários.

“Quando passas uma semana inteira a discutir com a FedEx [a insistir] que és mesmo a Madonna e ainda assim eles não libertam a tua encomenda”, lê-se no tweet, que já conta mais de 25 mil likes e quase 6 mil retweets.

A marca foi rápida a responder, presumivelmente através de um serviço automático de respostas (as respostas são iguais para todos os utilizadores). Ninguém sabe quem é a Julie, mas ninguém quer estar no lugar dela.

Alguns utilizadores do Twitter foram ao baú recordar um anúncio da MTV em que Madonna era impedida de entrar no seu próprio concerto porque o segurança não acreditava que ela era a Madonna.

Contudo, a publicação do Instagram é exatamente igual, exceto que Madonna aponta o dedo aos serviços alfandegários. A publicação do Instagram ficou marcada por um comentário do humorista português Herman José: “Essas raízes estão uma desgraça, melher…”