Americana e divorciada, Meghan Markle está, por estes dias, nas bocas do mundo. A atriz da série “Suits” namora com o príncipe Harry há sensivelmente um ano, mas só agora quebrou o silêncio. Na mais recente edição da Vanity Fair, Markle não só faz a capa da revista como fala na primeira pessoa sobre a relação que poucos poderiam ter previsto. “Somos um casal. Estamos apaixonados”, confessa a atriz.

De certeza que vai chegar uma altura em que temos de vir a público, mas espero que as pessoas compreendam que este é o nosso tempo. Isto é para nós. O facto de [a relação] ser só nossa é parte daquilo que a torna tão especial. Mas estamos felizes. Pessoalmente, adoro uma grande história de amor.”

O casal-sensação terá começado a namorar em julho do ano passado, depois de terem sido apresentados um ao outro por amigos em comum. A discrição foi o mote de uma relação que, se fosse pelos seus intervenientes, ainda permaneceria escondida, longe do olhar da imprensa. Markle tem sido tão “assediada” pelos jornais, que o próprio príncipe Harry fez com que a casa real britânica emitisse um comunicado para que os jornalistas a deixassem em paz.

Harry está preocupado com a segurança de Miss Markle e está muito desapontado por não ter conseguido protegê-la. Não é correto que Miss Markle esteja no centro de uma tempestade quando ainda só namoram há alguns meses. Isto não é um jogo — é a vida deles”, escreveram os representantes do Palácio de Kensington em novembro do ano passado.”

“Somos duas pessoas que estão muito felizes e apaixonadas. Estávamos a namorar discretamente há seis meses quando a relação se tornou notícia. Estive a trabalhar durante todo esse tempo e a única coisa que mudou foi a perceção das pessoas. Nada em mim mudou. Sou a mesma pessoa e nunca me defini por causa de uma relação”, diz, citada pela Vanity Fair. À mesma publicação, Markle, de 36 anos, confessa que não lê a impressa — seja aquela que se dedica a dissecar a sua relação com o filho da eterna princesa Diana, seja a que se foca na série que a elevou ao estrelado.

https://twitter.com/bushnoist/status/905259810635083780

Rumores recentes apontam para que o príncipe peça a mão de Meghan em casamento até ao final do verão. Sendo ou não verdade, o site australiano news.com pediu a uma especialista em linguagem corporal para avaliar a mensagem que a atriz passa na sessão fotográfica para a Vanity Fair, assinada pelo muito famoso Peter Lindbergh (conhecido pelas fotografias algo nuas, sem excessos de maquilhagem ou “ruído” visual).

“Acho que a imagem pretendida é uma de juventude e sexualidade. (…) A juventude e sexualidade é expressa no corpo flexível, pés descalços, roupa e cabelos modernos”, assegura Louise Mahler. “As posturas, no entanto, são muito compostas e tímidas. (…) [Markle] É muito vulnerável e sexy, mas num sentido tímido e não exagerado.” Tímida, jovem e sexy. Assim seria a princesa Meghan Markle.