A taxa de inflação anual estabilizou nos 1,5%, em setembro, na zona euro e subiu para os 1,8% na União Europeia (UE), face a agosto, divulga esta terça-feira o Eurostat. De acordo com o gabinete de estatísticas da UE, na zona euro, a taxa de inflação anual de setembro estabilizou nos 1,5%, face a agosto, mas subiu na comparação com os 0,4% homólogos.

No conjunto dos 28 Estados-membros, a subida de preços acelerou, face a agosto, 0,1 pontos para os 1,8%, taxa que se compara com os 0,4% de setembro de 2016. As taxas de inflação anuais mais baixas foram registadas em Chipre (0,1%), na Irlanda (0,2%) e na Finlândia (0,8%) e as mais altas na Lituânia (4,6%), na Estónia (3,9%) e na Letónia (3,0%).

Face a agosto, a inflação cresceu em 11 Estados-membros, manteve-se estável em sete e baixou noutros nove. Em Portugal, a inflação anual foi de 1,6% em setembro, taxa que se compara com os 1,3% de agosto e os 0,7% de setembro de 2016.