Ao contrário do que o Observador esperava, a oferta de aparelhos eletrónicos para o público experimentar na Web Summit não é assim tão vasta. Existem, sim, bastantes empresas que apostam nos óculos de realidade virtual para atrair visitantes aos stands, nos diversos pavilhões da FIL – Feira Internacional de Lisboa.

Além dos óculos já muito vistos, fotografados e experimentados existem também robôs autónomos que conseguem evitar obstáculos, com a particularidade de, quando andarem, traçarem o percurso numa folha branca gigante. Os óculos de realidade virtual ou aumentada são usados para diversos fins: para videojogos, para paisagens a 360º ou para vídeos em três dimensões.