A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) realizou apenas 25 ações de fiscalização em 2016 a bares e discotecas, quando no ano anterior tinha feito 85. São três vezes menos inspeções a espaços de animação noturna do que em 2015, explica o jornal Público, muito embora no ano passado tenham sido encontradas cinco armas proibidas nessas ações de fiscalização.

O relatório conclui também que tem havido um decréscimo nas ações de fiscalização realizadas pela PSP a estes estabelecimentos, mas “não de forma tão expressiva”. Ao todo, a PSP detetou apenas 109 crimes em bares e discotecas no ano passado; em 2015 tinha encontrado 300 ocorrências.

Os valores são retirados do Relatório Anual de Segurança Privada. O documento deveria ter sido aprovado esta sexta-feira, numa reunião convocada pelo ministro da Administração Interna com o Conselho de Segurança Privada, mas o encontro foi adiado pelo próprio ministério, que invocou motivos de agenda.

Esta sexta-feira, o Observador noticiou que a discoteca Urban, encerrada pelo ministério da Administração Interna na sequência de episódios de violência registados em vídeo, funcionava sem licença. Só em 2017, a discoteca já tinha sido multada 12 vezes pela PSP.

Discoteca Urban não tem licença de utilização. PSP passou-lhe 12 multas