A suspeita de presença de um ou mais homens armados obrigou a fechar algumas ruas, em Forest, em Bruxelas, disse o presidente de Forest, Marc-Jean Ghyssels, à RTL. Uma megaoperação policial foi desencadeada depois de um homem polaco ter dado o alerta de que uma pessoa tinha sido assassinada. A operação foi dada como terminada e não houve detenções.

Vários helicópteros sobrevoaram a zonapolícias armados estiveram nos telhados de várias casas na zona.

Um atirador foi cercado pela polícia dentro de um edifício residencial junto a uma escola primária na Rua Jean-Baptiste Vanpe, onde estarão 350 alunos, de acordo com a informação da imprensa local. Os alunos estão mantidos dentro da escola, por precaução. Os moradores da zona foram aconselhados pelas autoridades a manterem-se dentro das suas casas.

No entanto, até ao momento, não há indicação de que este incidente esteja relacionado com terrorismo.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

https://twitter.com/RealNewsLine/status/966669930375667712

A Bélgica reduziu recentemente o seu nível de ameaça depois de dois anos em alerta máximo. Em março de 2016, ataques no aeroporto e numa estação de metro de Bruxelas tiraram a vida 32 pessoas.