Caso Lava Jato

Brasil diz que pedido de anulação da nacionalidade de Schmidt não afronta autoridade de Portugal

A Advocacia-Geral da União do Brasil disse que o pedido de anulação da nacionalidade portuguesa ao empresário Raul Schmidt "de forma alguma representa uma afronta às autoridades de Portugal".

O órgão judicial considera que o pedido de anulação da nacionalidade a Raul Schmidt é uma "ação autónoma".

ANDRÉ KOSTERS/LUSA

A Advocacia-Geral da União (AGU) do Brasil disse esta quinta-feira que o pedido de anulação da nacionalidade portuguesa ao empresário Raul Schmidt, acusado em processos da operação Lava Jato, “de forma alguma representa uma afronta às autoridades de Portugal”.

Em nota enviada à agência Lusa, este órgão judicial ligado ao Governo brasileiro acrescenta que o pedido de anulação da nacionalidade a Raul Schmidt, que esteve detido em Portugal e é alvo de um pedido de extradição para o Brasil, é uma “ação autónoma, com total respeito das leis e instituições portuguesas”.

Este esclarecimento da AGU surge na sequência de uma notícia da Lusa na qual o advogado Alexandre Mota Pinto, que representa Schmidt em Portugal, disse que o pedido de retirada de nacionalidade portuguesa a Raul Schmidt seria “uma tentativa de uma entidade estrangeira de pressionar instituições soberanas de outro Estado”.

Raul Schmidt é acusado de intermediar o pagamento de “luvas” a ex-diretores da Petrobras no âmbito dos casos de corrupção investigados pela Lava Jato, sendo também alvo de um processo de extradição movido pelas autoridades judiciárias brasileiras junto do Governo de Portugal.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)