Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Não foi apenas dentro do campo do Estádio da Luz que foi preciso batalhar durante o jogo inteiro. De costas virados para o relvado, as bancadas testemunhavam as esperanças das duas equipas: por um lado, o Benfica celebrava a tranquilidade de jogar em casa na liderança do campeonato; por outro lado, o FC Porto puxava por uma equipa que queria reconquistar o primeiro lugar em estádio rival. Os dragões levaram a melhor e os pólos alteraram-se: enquanto Pinto da Costa celebrava, os adeptos benfiquistas choravam.

Entre bandeiras dos Super Dragões, cartazes de apoio a Jonas (que assistiu ao jogo a partir das bancadas) e cachecóis ao alto, estas são imagens de quem sofreu ao lado dos atletas num estádio cheio em dia de clássico.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR