Dark Mode 150kWh poupados com o Asset 1
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

O teste de cidadania que Meghan Markle teria de fazer se morasse em Portugal

Antes de casar com o príncipe Harry, Meghan Markle teve de passar por um teste e acertar em pelo menos 18 das 24 perguntas sobre o Reino Unido. Se viesse para Portugal, este era o teste que faria.

i

Chris Jackson/Getty Images

Chris Jackson/Getty Images

Apesar de estar prestes a protagonizar o casamento real mais esperado do momento, a atriz norte-americana Meghan Markle tem de passar por um teste antes de ‘juntar os trapinhos’ com o príncipe Harry. À semelhança de qualquer outro estrangeiro que queira obter nacionalidade britânica, a futura duquesa de Sussex tem de responder a um teste de cidadania com 24 perguntas de cultura geral sobre a vida no Reino Unido. E só será formalmente aceite como inglesa se responder corretamente a 18 dessas questões, explica a CNN.

Se por um acaso do destino Meghan Markle rumasse um pouco mais para sul e viesse parar a Portugal, teria de passar por um teste semelhante. Chama-se Prova de Conhecimentos da Língua Portuguesa para Aquisição de Nacionalidade e passa sobretudo por responder a uma série de questões de escolha múltipla sobre interpretação e gramática de texto em português.

Esse teste custa 65 euros e é composto por duas partes, como determina a lei: uma prova escrita de 75 minutos preenchida num computador e uma prova oral, que consiste numa entrevista de 15 minutos com dois professores de Português, em que um conversa com o entrevistado e outro avalia a interação. Feitas as duas provas, a prestação do candidato é avaliada de 0 a 100: quem obtiver pelo menos 50% das respostas corretas fica com a cidadania portuguesa. Se o resultado ficar abaixo disso, o candidato é considerado “não aprovado”.

Na mais recente edição da prova, realizada entre os dias 11 e 14 de dezembro de 2017, das 66 pessoas que participaram na prova, apenas seis não foram aprovadas. Mas será que um português de gema, que estudou Camões na escola e aprendeu o hino logo aos seis anos, sabe responder às perguntas que o Estado obriga os estrangeiros a conhecerem antes de morarem cá?

Saiba com o teste aqui em baixo.

Primeira parte: compreensão oral

Recomenda-se que responda a esta parte da prova em 15 minutos. Coloque os auscultadores para ouvir o texto. Pode voltar a ouvir o texto sempre que precisar.

Agora responda às perguntas.

Segunda parte: compreensão da leitura

Recomenda-se que responda a esta parte da prova em 40 minutos. Pode consultar os textos sempre que precisar. Para cada item assinale a resposta correta. Pode corrigir as respostas sempre que precisar.

A praia do Meco é uma das 21 finalistas do concurso 7 Maravilhas – Praias de Portugal e teve o voto de um júri composto por 21 pessoas famosas ligadas a várias atividades da vida portuguesa.

A praia do Meco tem este nome porque está perto da Aldeia do Meco, uma aldeia de agricultores situada entre a Lagoa de Albufeira e o Cabo Espichel, na costa ocidental no concelho de Sesimbra.

O seu mar pode ser agitado, mas no verão é, normalmente, calmo. A ondulação forte tornou-a conhecida, principalmente entre os surfistas. Também ligada ao mar está uma antiga tradição de pesca, chamada “arte xávega”. Assim, há peixe fresco quase todos os dias.

Baseado em: “Sesimbra Município”, Câmara Municipal de Sesimbra, verão de 2012.

Terceira parte: expressão escrita

Escreva um texto com um mínimo de 50 e um máximo de 80 palavras sobre o tema: “Um dia na praia com a família ou com os amigos”. No seu texto deve dizer o que viu na praia, o que fez nesse dia e aquilo de que mais gostou e aquilo de que menos gostou.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.