As restrições ao abastecimento de água vão ser aliviadas a partir de quarta-feira na capital de Moçambique, Maputo, e na cidade da Matola, anunciou esta segunda-feira o Governo. A água da rede pública vai voltar a correr todos os dias, durante oito horas, em vez de ser disponibilizada durante algumas horas em dias alternados, como acontecia desde fevereiro.

O alívio acontece graças à melhoria dos níveis de armazenamento da barragem dos Pequenos Libombos, que se situam a 29% da capacidade total, um ponto percentual acima do registado há um ano, de acordo com os boletins da Direção Nacional de Recursos Hídricos consultados pela Lusa. “A água armazenada ainda não é suficiente para o levantamento total das restrições”, referiu Ana Comoana, porta-voz do Conselho de Ministros, no final da reunião governamental do hoje. A situação, acrescentou, “continua a requerer uma gestão criteriosa”, concluiu.