O espanhol Jorge Lorenzo (Ducati) venceu este domingo o Grande Prémio de Itália de MotoGP, sexta prova do Mundial de motociclismo de velocidade, corrida em que o seu compatriota e líder do campeonato, Marc Marquez (Honda), foi 16.º.

Num dia marcado ainda pela primeira vitória na temporada do português Miguel Oliveira (KTM) na categoria de Moto2, Lorenzo assegurou o sexto triunfo na prova transalpina, mas apenas o primeiro ao serviço da Ducati, tendo hoje superado dois corredores italianos, o seu companheiro de equipa Andrea Dovizioso, segundo na prova, e Valentino Rossi (Yamaha), autor da ‘pole position’.

A corrida ficou ainda marcada pela queda do espanhol Marc Marquez, bicampeão do mundo em título, que ainda voltou à pista, mas concluiu a corrida bastante atrasado, no 16.º posto.

Apesar de ter ficado fora dos pontos, Marquez continua a liderar o campeonato com 95 pontos, sendo secundado pelas Yamaha do espanhol Maverick Vinales com 59, do francês Johann Zarco com 58 e de Valentino Rossi com 56.

Em Moto2, Miguel Oliveira obteve o primeiro triunfo da temporada, numa corrida em que sofreu forte oposição, mas acabou por levar de vencida, cumprindo as 21 voltas em 39.42,018 minutos.

Na corrida de Moto3, vitória para o espanhol Jorge Martin (Honda), igualmente numa corrida muito disputada e na qual superou por apenas 19 milésimos de segundo o italiano Marco Bezzecchi (KTM) e 24 milésimos de segundo outro piloto transalpino, Fabio di Giannantonio (Honda).

Com o segundo posto, Bezzecchi conservou a liderança do Mundial com 83 pontos, apenas mais três do que Martin, que subiu ao segundo posto, relegando Giannantonio para o terceiro lugar com 75.

A sétima prova do campeonato, Grande Prémio da Catalunha, disputa-se em 17 de junho.