Infraestruturas

Limpeza da rodovia e ferrovia está a ser feita com prioridade para a zona de risco

O ministro do Planeamento e das Infraestruturas garantiu que a limpeza junto às estradas e às linhas de caminhos-de-ferro está a ser feita com prioridade para as zonas de maior risco de incêndio.

ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

O ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, garantiu esta segunda-feira que a limpeza junto às estradas e às linhas de caminhos-de-ferro está a ser feita com prioridade para as zonas de maior risco de incêndio.

“Os trabalhos estão no terreno. Se me pergunta se já estão todas as estradas concluídas [ao nível] das limpezas, não estão todas concluídas. Começámos nas zonas de maior risco de incêndio, estão identificados um grande número de concelhos que são muito mais sensíveis em risco de incêndio, começámos a trabalhar nessas zonas e estamos a estender a toda a rede”, afirmou.

O governante falava na Covilhã, distrito de Castelo Branco, onde assistiu à desmontagem de uma das pontes que será intervencionada no âmbito da requalificação da Linha da Beira Baixa no troço entre a Covilhã e a Guarda, que está desativado desde 2009.

Questionado sobre as críticas de alguns autarcas relativamente ao atraso da limpeza junto a vias rodoviárias, o ministro destacou que “são milhares e milhares de quilómetros”, quer na rede rodoviária, quer ferroviária, pelo que “foram estabelecidas prioridades”. “Estamos a fazer o trabalho, ao longo dos meses, com prioridade, às zonas de incêndios. Estamos a trabalhar em todo o território nacional”, acrescentou, lembrando que também tem de se respeitar as regras de contratação pública.

Pedro Marques desvalorizou ainda críticas quando comparadas com “o esforço enorme e sem paralelo” que todas as equipas da Infraestruturas de Portugal estão a fazer no terreno.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)