A VW é o fabricante que mais vende na Europa. E se os modelos novos são muito desejados, os clássicos são ainda mais, atingindo valores tão exagerados quanto descabidos. O sucessores do Type 1, que viria a originar o Carocha e o Type 2, o Pão de Forma, têm nos usados valores impressionantes – especialmente o furgão – o que prova que há muita ligação dos potenciais clientes aos modelos com mais história.

A popularidade dos clássicos da VW vai fazer renascer o Pão de Forma, que surgirá em breve, com motorização eléctrica e sob o nome I.D. Buzz.

Pão de Forma eléctrico já tem ordem de marcha

A questão é saber se vai acontecer o mesmo ao Carocha, que não está previsto ser dos primeiros elementos a aparecer da família I.D., a gama eléctrica alimentada por bateria que a Volkswagen está a preparar. Contudo, a pressão aperta e o que os clientes querem é o que nunca tiveram: um Carocha de quatro portas e com espaço no banco traseiro, o que nenhuma das gerações mais recentes conseguiu oferecer.

Carocha vai voltar. Eléctrico e… com quatro portas

Recorrendo à plataforma MEB, como todos os veículos eléctricos do grupo VW, será muito fácil conceber, sob o ponto de vista industrial, um Carocha de quatro portas e até mesmo uma ligeiramente mais curta com duas portas, para dar corpo ao coupé e ao cabriolet, uma das versões mais apetecidas do modelo. A motorização eléctrica permitirá roubar espaço à frente (ou atrás, dependendo onde o fabricante desejar colocar o motor), privilegiando o habitáculo.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O Carocha poderá assim tentar aliciar o tipo de condutores que até adquire os Mini, nas suas diferentes derivações, sendo certamente isso que o construtor alemão tem como objectivo. Até lá, fique com a imaginação de Kleber Silva, que concebeu este Beetle king size, com maior distância entre eixos e mais duas portas na retaguarda.