O aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, poderá chegar, em 2020, a 48 movimentos por hora, mais 10 que a média atual, no âmbito das simulações feitas na navegação aérea, segundo o ministro do Planeamento e Infraestruturas.

No final de uma visita ao centro de controlo da NAV, responsável pela navegação aérea, Pedro Marques referiu que as simulações feitas mostraram que poderá haver 72 movimentos por hora quando o esperado aeroporto do Montijo estiver operacional, mas que “pode ser antecipado o sistema ‘point merge’ para 2020 no caso do aeroporto Humberto Delgado”.

Segue-se agora o trabalho com a gestora dos aeroportos, a ANA, para “acelerar a disponibilização das condições físicas” e “se tudo se puder, assim, conjugar, a parte da navegação aérea permite aumentar a capacidade de movimentos bem para lá dos 40 movimentos por hora já no ano de 2020”, segundo o ministro, que precisou que se poderá aumentar da média atual de 38 movimentos para 48.