Matemática

Medalha de um dos vencedores do “Nobel da Matemática” foi roubada 30 minutos depois de ser atribuída

A medalha Fields, atribuída a Caucher Birkar, professor em Cambridge, foi roubada ainda durante a cerimónia do "Nobel da Matemática". As autoridades estão a tentar identificar os suspeitos.

Caucher Birkar, professor e investigador iraniano na Universidade de Cambridge, tinha deixado a medalha, a carteira e o telemóvel dentro de uma pasta em cima de uma das mesas do local.

AFP/Getty Images

Bastaram apenas trinta minutos para Caucher Birkar, um dos vencedores do “Nobel da Matemática” que foi atribuído esta quarta-feira, ter ficado sem a medalha Fields, ainda durante a cerimónia de entrega do prémio mais importante na área, que este ano teve lugar no Rio de Janeiro, no Brasil.

Caucher Birkar, professor e investigador iraniano na Universidade de Cambridge, tinha deixado a medalha, a carteira e o telemóvel dentro de uma pasta em cima de uma das mesas do local. Uma pequena distração levou a que ficasse sem os bens. As forças de segurança presentes na cerimónia encontraram a pasta numa outra bancada, mas lá dentro já só tinha o telemóvel. O que aconteceu depois? O matemático nem chegou a participar na conferência de imprensa com os restantes galardoados.

Segundo O Globo, que citou fontes da Esquadra Especial de Atendimento ao Turista, um membro da organização do evento filmou o momento do roubo quando estava a captar imagens aleatórias dos convidados na cerimónia. Na gravação é possível ver o rosto dos dois suspeitos pelo roubo da medalha, que ainda não foram identificados pelas autoridades.

A organização já emitiu um comunicado a lamentar o sucedido: “o comité de organização do Congresso Internacional de Matemática lamenta profundamente o desaparecimento da mala do matemático Caucher Birkar, que continha a medalha Fields que recebeu durante a cerimónia desta manhã”, sublinhou, acrescentando que “as imagens captadas estão a ser analisadas e a organização está a cooperar com as autoridades locais em toda a investigação”.

Os dois suspeitos foram filmados quando um membro da organização estava a tirar fotografias aos convidados da cerimónia.

A medalha do “Nobel da matemática” é feita em ouro, tem 14 quilates e vale aproximadamente 4,1 mil dólares (cerca de 3,5 mil euros). Num dos lados da peça está a figura de Arquimedes. Do outro lado da medalha, há uma frase inscrita em latim: “Os matemáticos do mundo inteiro atribuíram este prémio pelos seus feitos extraordinários”.

Além de Caucher Birkar, o “Nobel da Matemática”, que é atribuído de quatro em quatro anos, foi entregue este ano a Alessio Figali, um italiano que se tem dedicado às equações diferenciais parciais (utilizadas para procurar as rotas mais eficientes para o transporte de um objeto entre dois locais diferentes), a Akshay Venkatesh, um australiano especialista em teoria dos números que trabalha nos Estados Unidos da América, e a Peter Scholze, professor de Matemática na Universidade de Boston. Scholze, de 30 anos, é um dos mais novos a receber a Medalha Fields. Scholze tem trabalhado com geometria aritmética e já foi considerado o matemático mais talentoso da sua geração nessa área.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Web Summit

Explicações de verão /premium

Maria João Marques

Houve quem à esquerda, incluindo alguns deputados, propusesse proibir (o método do costume; é compulsivo) o convite a Le Pen. Mas claro que a expulsão de Alex Jones foi justíssima e motivo de aplauso.

Relações Internacionais

A nova economia política /premium

Manuel Villaverde Cabral

A imprensa diz que o FMI foi ultrapassado pelos acontecimentos e já se identificaram os países que poderão vir a estar na linha de mira dos especuladores. A única defesa de Portugal é a União Europeia

Nicolás Maduro

A Venezuela a ferro e fogo /premium

Diana Soller

Maduro tentará impor a sua vontade, agora que se sente verdadeiramente ameaçado. A oposição sentirá que não tem nada a perder. O que pode, efetivamente, degenerar numa guerra civil.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)