O Presidente norte-americano, Donald Trump, voltou a condenar os pacotes com engenhos explosivos endereçados a Hillary Clinton e Barack Obama mas pediu aos media para “pararem com as hostilidades”.

“Qualquer ato ou ameaça de violência política é uma ameaça à nossa democracia. Nenhuma nação poderá ser bem-sucedida se tolerar a violência ou a ameaça de violência como um método de intimidação política ou coerção”, afirmou Donald Trump em Wisconsin, durante um comício de apoio às campanhas do governador Scott Walker e da senadora estadual Leah Vukmir, na quinta-feira.

Por outro lado, o líder norte-americano criticou os media, que segundo ele têm responsabilidades no clima crispado que o país vive.

“Os media têm a responsabilidade de definir um tom civilizado e acabar com a hostilidade interminável, ataques constantes e notícias negativas e às vezes falsas” disse.