O GP Ice Race deste ano, que decorreu em Zell am See, na Áustria, juntou passado e presente, mas sempre com olhos no futuro. Em vez de lutar pela vitória, os pilotos presentes fizeram questão de se divertir de forma exuberante, para com ela animar os espectadores, mais que não seja para os fazer esquecer do frio que caracteriza aquela estância de esqui nesta altura do ano.

Numa pista desenhada no gelo, rodeada por muros de neve, foi possível admitir um velho, mas muito respeitado carro de ralis, que ali se sentia particularmente em casa. Referimo-nos ao Audi Sport quattro, um modelo que se estreou nos ralis do campeonato do mundo em 1984 e que, na Áustria, tinha ao volante o mesmo Walter Rohrl que o conduziu em provas como o Rali de Portugal, por exemplo, há 35 anos.

Rohrl, o antigo campeão do mundo de ralis que apenas conquistou o ceptro com a Fiat (em 1980) e a Opel (em 1982), apesar de hoje trabalhar para as marcas do Grupo Volkswagen, estava em boa companhia na pista de gelo austríaca. Para começar, tinha René Rast aos comandos de um Audi RS5 do DTM, sendo o trio completado por Daniel Abt, ao volante do Fórmula E com que a Audi participa no campeonato mundial de fórmula eléctrica.

10 fotos

A exibição teve momentos espectaculares, como é possível constatar pelas fotos, além de permitir ver veículos tão díspares e separados por um intervalo de mais de três décadas. E se Rohrl estava no seu meio, a escorregar de um lado para o outro com o seu antigo carro de competição, apesar de ser um “jovem” que já cumpriu 71 risonhas primaveras, o RS5 de Rast e o FE04 de Abt, os dois com apenas tracção traseira, estavam longe de se sentir tão à vontade.

Mas como a eficiência era compensada por mais espectáculo, ninguém ficou a perder. E ainda deu para esquiar numa pista plana, com o especialista em freestyle Benedikt Mayr a mostrar o que é possível fazer na neve quando se é puxado por um Fórmula E.