O trio formado por Jeremy Clarkson, Richard Hammond e James May domina o panorama mundial dos apresentadores de programas de televisão sobre automóveis, sendo globalmente conhecido não só pelos (divertidos) disparates que fazem à frente das câmaras, como atrás delas.

Para o seu Drivetribe, James May fala-nos sobre automóveis, os mais que gosta e os que mais apreciou conduzir em 2018, tudo isto no cenário “ideal”: a sua barbearia. Entre muitas outras informações que decidiu partilhar, May conta que o Alpine A110 foi o carro que mais o impressionou no ano passado, pelo que decidiu adquirir um exemplar para juntar à sua larga colecção.

Segundo o apresentador, o A110 é ágil e rápido, sendo igualmente compacto, o que torna as estradas mais largas, por exclusão de partes. Gosta do comportamento e do prazer que lhe dá, quando está ao volante, o que é sintomático quando ele conduziu igualmente concorrentes como o Alfa Romeo 4C e o Porsche Cayman.

Mas também tem críticas. Ou melhor, crítica. Aparentemente, May preferia que a Alpine não tivesse desenhado o novo A110 com óbvias semelhanças com o antigo, o que venceu o campeonato do mundo de ralis em 1973. Mas o melhor é ver o vídeo filmado numa barbearia onde também há café e… gin.