Abdelfarid Nouami, 49 anos, nasceu na cidade marroquina de Nador e durante cinco meses dormiu entre caixas de multibanco e jardins em Almería, Espanha. Hoje, divide-se entre contentores de papelão e descampados e um gesto seu colocou-o nas notícias. Na semana passada, encontrou uma carteira com 300 euros no lixo, enquanto caminhava na Avenida da Estação de Almería, na Andaluzia, e devolveu-a às autoridades.

Segundo a rádio espanhola Cadena SER, além o dinheiro, dentro da carteira estava também um cartão de crédito, o documento de identificação do proprietário e um bilhete da lotaria.

Estava à procura de coisas no lixo. Quando cheguei ao albergue, verifiquei a roupa e encontrei a carteira com a documentação. Não podia ficar com ela, o dinheiro não era meu.”, contou Abdelfarid Nouami.

Abdelfarid Nouami caminhou poucos metros até encontrar um polícia. Com um castelhano enferrujado tentou explicar a situação ao agente da Polícia Nacional. Prontamente, entregou a carteira e foi-se embora. “Eu não quero fazer coisas más porque as pessoas depois revoltam-se contra mim”, explicou o marroquino à rádio.

Segundo a ata policial consultada pela rádio, a carteira acabou por chegar às mãos do proprietário no final da tarde de domingo. Não faltava um euro. Abdelfarid recebeu uma quantia simbólica pelo gesto. O marroquino vive agora no centro municipal de acolhimento de Almería, mas continua a sonhar com uma casa e um trabalho digno.