Internet

Fundador em viagem internacional de 30 horas para marcar 30º aniversário da internet

30.º aniversário da internet será marcado na terça-feira com carta aberta e uma viagem de 30 horas do inventor da rede mundial, Tim Berners-Lee, e uma cronologia colaborativa na rede social Twitter.

JOSE SENA GOULAO/EPA

Autor
  • Agência Lusa

O 30.º aniversário da Internet vai ser marcado na terça-feira com uma carta aberta e uma viagem de 30 horas do inventor da rede mundial (world wid web), Tim Berners-Lee, e uma cronologia colaborativa na rede social Twitter.

O dia arranca com um evento no Centro Europeu de Investigação Nuclear (CERN) em Genebra, às 08:00 horas locais (07:00 horas em Lisboa), onde Berners-Lee se junta a Robert Cailliau, engenheiro informático autor do primeiro sistema de hipertexto, e a outros pioneiros e especialistas da ‘web’ para discutir os desafios e oportunidades de tecnologias inovadoras, passadas, presentes e futuras.

No mesmo dia, no Museu da Ciência de Londres pelas 17:00 horas (mesma hora em Lisboa), Berners-Lee junta-se a um painel diverso de artistas, empreendedores, ativistas e cientistas para discutir como a Internet mudou as respetivas vidas e percursos, cuja discussão será transmitida online.

A digressão de 30 horas acaba na quarta-feira em Lagos, na Nigéria, onde o cientista britânico vai visitar o Centro de Capacitação Tecnológica das Mulheres [Women’s Technology Empowerment Center] e o Centro de Co-Criação (CcHub), onde informáticos e ativistas trabalham para resolver os desafios sociais na Nigéria.

Em paralelo, vai ser feita uma cronologia, marcada a cada hora por uma publicação na rede social Twitter por fundadores, influenciadores, marcas, inventores e ativistas de todo o mundo, lembrando um momento significativo da história da web.

A Fundação Web está também a desafiar cidadãos para contribuírem com publicações sobre momentos pessoais relacionados com a Internet ou referências a situações influenciadas pela Internet, como a Primavera Árabe ou o escândalo da consultora política Cambridge Analytica, ou ainda partilhando páginas ou imagens favoritas, indicando sempre o respetivo ano e acrescentando as chaves #Web30 #ForTheWeb.

O cientista britânico Tim Berners-Lee, cuja ideia em 1989 de um “sistema de gestão descentralizada de informação” resultou na criação da ‘World Wide Web’, lançou 20 anos depois, em 2009, a Fundação Web, uma organização que promove o desenvolvimento e acesso da Internet no mundo.

No ano passado, durante a Web Summit, em Lisboa, Berners-Lee defendeu a criação de “um contrato” entre utilizadores, empresas e governos de todo o mundo para “tornar a ‘web’ um sítio melhor”, reduzindo desigualdades e melhorando questões como a privacidade.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Inovação

Web Summit e provincianismo

Fernando Pinto Santos
105

Porque é a investigação académica tão desconsiderada em Portugal? Talvez porque moldes ou toalhas não sejam tão glamorosos como uma app com um nome estrangeiro numa conferência com o nome de Summit.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)