China

Pelo menos seis mortos e 30 feridos em forte explosão em empresa química na China

A emissora de televisão estatal CCTV transmitiu imagens das habitações próximas ao local com os vidros das suas janelas pulverizadas pela explosão, que ocorreu a cerca de 260 quilómetros de Xangai.

Os bombeiros da província indicaram na sua conta no Weibo que haviam socorrido 12 feridos

DIEGO AZUBEL/EPA

Pelo menos seis pessoas morreram e 30 ficaram gravemente feridas numa forte explosão que atingiu esta quinta-feira uma empresa de produtos químicos no leste da China partindo os vidros em habitações próximas, anunciaram as autoridades locais.

A explosão ocorreu por volta das 14h50 (hora local, 06h50 em Lisboa) na empresa Tianjiayi Chemical, localizada no município de Yancheng, província de Jiangsu, de acordo com uma mensagem das autoridades municipais publicada na rede social Weibo.

Os bombeiros da província indicaram na sua conta no Weibo que haviam socorrido 12 feridos.

Após a explosão, as autoridades de segurança pública, o corpo de bombeiros e médicos foram enviados ao local para operações de socorro”, referiu o município.

“Os moradores da área também se organizaram espontaneamente para levar os feridos ao hospital”, indicou a municipalidade.

Vídeos publicados na internet por vários meios de comunicação chineses mostraram uma enorme bola de fogo com dezenas de metros de altura e uma espessa coluna de fumo a escapar de um local industrial.

A emissora de televisão estatal CCTV transmitiu imagens das habitações próximas ao local que tiveram os vidros das suas janelas pulverizadas pela explosão, que ocorreu a cerca de 260 quilómetros ao norte de Xangai.

O Centro Nacional de Sismologia da China registou às 14:48 hora local (06:48 em Lisboa) um sismo de magnitude 2,2 na escala de Richter no município.

A informação, divulgada pelo município de Yancheng em sua conta Weibo, parece ser um indicador da potência da explosão.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Igreja Católica

Tríptico europeu /premium

P. Gonçalo Portocarrero de Almada

A Europa do terceiro milénio, perdida a sua identidade cristã, que era a razão de ser da sua unidade e grandeza, é um continente à deriva.

Clima

As crianças que lutam por um mundo pior /premium

Alberto Gonçalves

Na idade da menina Alice e do menino Gil, fiz diversas greves à escola a pretexto do clima: mal o sol aquecia, trocava as aulas pela praia. Faltou-me ser entrevistado pelos “media”.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)