A União Europeia de Ciclismo anunciou esta segunda-feira a inclusão inédita de uma estafeta mista nos campeonatos europeus de estrada de 2019, que decorrem na cidade holandesa de Alkmaar, entre 7 e 11 de agosto.

Esta variante fará parte de um programa que integra ainda seis provas de fundo e outros tantos eventos de contrarrelógio, destinados às categorias de juniores, sub-23 e seniores masculinos e femininos, num total de 13 títulos que serão discutidos por 800 atletas de 50 países.

Inspirada no biatlo, a estafeta mista tem sido adotada em modalidades como o atletismo, natação e ciclismo de montanha, sendo que em setembro fará a sua estreia nos campeonatos do mundo de estrada, em Yorkshire, na Grã-Bretanha.

Constituindo um passo para uma maior igualdade de género, a União Ciclista Internacional irá organizar um contrarrelógio misto por equipas, sob a forma de estafeta com três elementos masculinos e três femininos, em substituição do clássico contrarrelógio por equipas.

Os três homens cumprem a primeira parte do percurso e as mulheres concluem a prova, tomando-se o tempo da segunda corredora a cortar a meta para efeitos de classificação.