Web Summit

As startups portuguesas que vão representar Portugal na Collision em Toronto

176

São 4 os projetos portugueses que vão participar na conferência irmã da Web Summit no Canadá. São esperadas 25 mil pessoas em Toronto para o Collision, que se realizou durante 3 anos em Nova Orleães.

A Collision faz parte do leque de três eventos de tecnologia que a casa mãe da Web Summit, fundada e presidida por Paddy Cosgrave, organiza no mundo

Sportsfile

A conferência irmã da Web Summit, a Collision, vai decorrer entre 20 e 23 de maio em Toronto, no Canadá, e há quatro startups portuguesas a caminho: a Itscredit, a Infinite Foundry, a Fractal Mind e a Winwel Electronics. Estes quatro projetos vão poder apresentar os seus produtos e serviços naquela que é considerada pela Forbes a conferência de tecnologia que mais cresceu na América do Norte.

A Itscredit é uma fintech do Porto, especializada em soluções de crédito e na sua implementação. Também baseada no Porto, a Infinite Foundry é a primeira plataforma em cloud para design em 3D, que permite ao utilizador testar virtualmente um produto diretamente do seu browser.

Já a lisboeta Fractal Mind utiliza o conceito de gamificação para desenhar soluções à medida dos desafios de cada cliente, passando pela interação com funcionários, resultados e mudanças comportamentais dentro da empresa, entre outros. De Braga, vai a Winwel Electronics que se foca em simplificar a tecnologia para criar produtos sustentáveis e que promovam uma melhor qualidade de vida.

A Câmara Municipal de Lisboa, em conjunto com a Made of Lisboa e a Startup Portugal, também vai enviar uma delegação de portugueses a Toronto para assistirem à conferência na Collision. Esta delegação pode ser composta por startups, incubadoras ou outras organizações.

Para a quinta edição da Collision são esperadas mais de 25 mil pessoas oriundas de 120 países, no Enercare Centre, em Toronto. Este ano, o evento vai contar com a presença de mais de 400 oradores, incluindo Ev Williams, fundador e presidente da Medium, Peggy Johnson, da Microsoft, e Dadiv Eun, da Samsung.

Durante três anos, a conferência de tecnologia decorreu em Nova Orleães, no Estados Unidos. Faz parte do leque de três eventos de tecnologia que a casa mãe da Web Summit, fundada e presidida por Paddy Cosgrave, organiza no mundo:  Web Summit em Lisboa, Collision em Toronto e Rise em Hong Kong.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: apimentel@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)