Rádio Observador

Ambiente

Voluntariado ambiental prepara limpeza do leito e margens do rio Vouga em Sever

O objetivo da iniciativa é preservar a biodiversidade do rio e eliminar espécies invasoras. O rio Vouga é um importante elemento para o turismo do concelho e a limpeza visa um troço de 5 km.

"Não há margens para dúvidas" é o lema da iniciativa, onde participam ainda empresas de desportos radicais praticados no rio

Nuno André Ferreira/LUSA

Bombeiros, associações e empresas de desportos de aventura aceitaram o repto da Câmara de Sever do Vouga e realizam no sábado uma ação de voluntariado ambiental, para limpar um troço de cinco quilómetros do rio Vouga.

Preservar a biodiversidade, através da limpeza do leito e das margens, é o objetivo da “EcoVouga”, que também irá criar pontos para a recolha de lixo e eliminar espécies invasoras, segundo a Câmara de Sever do Vouga, que promove a iniciativa. A intervenção tem início na albufeira da praia fluvial da Quinta do Barco e vai até ao lugar da Foz, que marca a “fronteira” com o vizinho concelho de Albergaria-a-Velha, num troço de cinco quilómetros.

“Vamos ter um grupo na água com caiaques para retirar o lixo que anda à tona, um grupo em terra a percorrer as margens para retirar lixo e mergulhadores dos Bombeiros Voluntários de Sever do Vouga para remover objetos que estejam submersos, e vão ser retiradas árvores do leito do rio, para preservar a segurança dos banhistas. Além disso vamos criar seis pontos de recolha de lixo nas margens”, descreveu à Lusa fonte da organização.

“Não há margens para dúvidas” é o lema da iniciativa, que assume o propósito de ser um exercício coletivo de consciencialização ambiental no rio Vouga, elemento natural de dinamização do turismo do concelho.

“Esta ação de voluntariado reveste-se de grande importância para Sever do Vouga, ao reunir um conjunto de mais-valias para o nosso concelho, sendo de louvar a mobilização da comunidade para a defesa dos nossos recursos endógenos e valorização do património natural”, afirma o presidente da Câmara de Sever do Vouga, António Coutinho.

O rio Vouga é palco da prática de desportos de natureza e as suas águas banham a praia fluvial Quinta do Barco que, este ano, voltou a ser galardoada com a Bandeira Azul. É também do rio Vouga que vem um dos produtos gastronómicos mais emblemáticos de Sever do Vouga – a lampreia -, que é anualmente servido, em março, nas mesas dos restaurantes locais, com a Rota da Lampreia e da Vitela.

A ação está a ser organizada em parceria com o Viking Kayak Clube, as empresas de desporto e aventura “Boca do Lobo”, “Desafios” e “Turnauga”, as associações “Landsdsever” e “Rikor” e os Bombeiros Voluntários de Sever do Vouga, sendo apoiada pela Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA).

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)