Sondagem. Bloco já vale metade do PSD e o dobro do CDS, PS cria fosso com sociais-democratas

Socialistas deixam PSD com diferença de quase 8 pontos a poucos dias das eleições. Bloco de Esquerda destaca-se no terceiro lugar, com mais de metade das intenções de voto dos sociais-democratas.

i

JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Se as eleições europeias se realizassem hoje, o PS teria 32,4% das intenções de voto (que compara com 30,3% de abril) e o PSD 24,8% (tinha 28,7%), de acordo com a sondagem da Pitagórica para a TSF e o Jornal de Notícias. A diferença alarga-se de dois pontos percentuais (p.p.) para quase oito pontos em apenas um mês. O PS pode alcançar entre 7 a 8 eurodeputados, o PSD entre 6 e 7.

Destaque ainda para o Bloco de Esquerda, que capta 12,9% das intenções de voto (mais 1,5 p.p. do que em abril) — metade do PSD —, deixando em aberto a possibilidade de conseguir um terceiro eurodeputado. Seguem-se CDU, com 7,1% (mais 0,5 p.p. do que em abril), que ultrapassa o CDS (6,7%). O PAN, que alcança os 3,3% na sondagem, pode eleger um elemento para o Parlamento Europeu.

A sondagem tem uma margem de erro de 4,07% e apresenta um total de 14,7% de indecisos, que são distribuídos pelos diferentes partidos. Sem esta distribuição, a diferença entre PS e PSD seria de 4 pontos.

A Pitagórica refere, citada pela TSF, que no caso do PCP e do CDS o tratamento da informação é historicamente mais problemático, porque quem vota nestes partidos não gosta normalmente de declará-lo por telefone.

Recomendamos

Populares

Últimas

A página está a demorar muito tempo.