A startup Trojan Horse was a Unicorn (THU) lançou em parceria com o ministério da Cultura e a Universidade Nova de Lisboa um concurso apelidado de Talent League. A iniciativa para focadas em “estudantes da indústria criativa” tem como objetivo levar os vencedores ao evento da THU, em Malta, que junta artistas de empresas como a Lego, Walt Disney ou a CD Projekt Red.

Para o fundador da THU, André Luís, esta iniciativa é “uma forma de encontrar e promover o talento local, dando a conhecer um lado diferente da indústria e expandindo horizontes”. O executivo é responsável pelas cinco edições do evento que decorreu em cinco edições em Tróia, Setúbal, e que, desde setembro de 2018, tem como nova casa Valletta, em Malta.

Trabalhar na área do cinema, animação e jogos ainda é uma opção que a maioria dos jovens não considera possível, mesmo que para muitos seja um sonho. O nosso objetivo é trazer o conhecimento do mercado internacional que o THU nos permitiu obter nos últimos seis anos, partilhá-lo de forma a dar um contributo positivo à comunidade e ajudar novos talentos a vingar na indústria.”

O concurso começou a 15 de julho e termina a 5 de agosto e está aberto a estudantes de todas as áreas. As candidaturas podem ser feitas no site da iniciativa. Segundo comunicado enviado às redações, “os participantes vão ser desafiados a criar uma peça de arte digital com o tema “A história por detrás do artista”.

O primeiro prémio é um bilhete para o THU, em Malta, com todas as despesas pagas durante o evento: voos de ida e volta, alojamento e refeições. Os participantes que ficarem em segundo, terceiro e quarto lugar ganham acesso a um bilhete para o evento.