A Audi já tem no e-tron 55 quattro e no e-tron 50 quattro duas versões de um SUV de luxo eléctrico, capaz de satisfazer os mais exigentes em termos de qualidade. Mas o Q4 e-tron, que vai começar a vender no início de 2020, será efectivamente o eléctrico pelo qual os fãs da marca esperam, pois promete menores consumos, mais autonomia e, tanto quanto se sabe agora, uma maior (e diferente) capacidade de personalização.

8 fotos

Vem isto a propósito das declarações à Autocar do responsável pelo design da Audi, Marc Lichte, que fez questão em salientar que o Q4 e-tron será o primeiro veículo a permitir personalizar os faróis dianteiros e traseiros. E para que todos possam optar pelo padrão que mais gostam, a marca alemã vai disponibilizar 25 soluções distintas.

As encomendas para o novo SUV alimentado por bateria vão arrancar no início de 2020, com as entregas a clientes a começarem pouco depois, sabendo-se já que o Q4 e-tron vai montar dois motores eléctricos (um por eixo) com um total de 305 cv.

Alimentado por uma bateria de 82 kWh, o SUV eléctrico que recorre à mesma plataforma MEB que a Volkswagen vai utilizar no ID.3 deverá ser homologado com uma autonomia de 450 km em WLTP, contra os 417 km do e-tron 55 quattro com bateria de 95 kWh.