O Porto de Leixões, em Matosinhos, registou uma “evolução muito positiva” ao crescer 2% e movimentar 14,8 milhões de toneladas de mercadorias até setembro e face ao período homólogo, revelou esta quinta-feira.

Segundo nota da Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL), o acumulado até setembro registou valores favoráveis em grande parte dos segmentos de carga.

A carga contentorizada cresceu 7,5%, a carga fracionada aumentou 2,32% e a carga roll-on/roll-off (carga rolante) registou um incremento de 17,95%”, assinalou.

Também os contentores cresceram em número (8,49%) e em TEUS – medida padrão para calcular o volume de um contentor – (8,19%), adiantou.

A APDL explicou que os valores assinalados no terceiro trimestre do ano permitiram uma boa recuperação do movimento de granéis líquidos, que só no mês de setembro aumentaram 56,62% face ao mês homólogo anterior.

O Porto de Leixões regista uma média mensal de cerca de 1,6 milhões de toneladas de mercadorias movimentadas.

Em fevereiro, a então ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, anunciou um investimento de cerca de 217 milhões de euros, dos quais 147 são investimento público, até 2023 no porto para aumentar a sua competitividade portuária.