Foi precisamente por não ter nenhuma habilidade de excelência que Hugo Felix, hoje com 28 anos, se aventurou nos tutoriais. Aos primeiros vídeos — autênticos guias daquilo a que os falantes de inglês chamam do it yourself –, percebeu que o que tinha em mãos não era só um conjunto de ferramentas e materiais oferecidos pela mulher dentro de uma caixa, mas sobretudo uma oportunidade de negócio. O que começou por ser um projeto, deixou de o ser rapidamente. “Lançámos a loja o mais depressa possível com os workshops de caligrafia, chocolates e velas aromáticas. O sucesso foi muito maior do que estávamos à espera”, recorda Hugo ao Observador.

Estávamos no Natal de 2017 e o volume de encomendas apanhou o jovem designer gráfico de surpresa. Por muito promissor que fosse, não deixava de ser um hobby, razão pela qual acabou por fazer uma pausa do negócio das caixas, mas não por muito tempo. Já este ano, a Workshoped voltou a ver a luz do dia, depois de uma empresa portuguesa de marketing digital ter resolvido investir na marca. Hora de voltar a olhar para a lista de técnicas e ofícios, de fazer crescer o rol de opções e de refazer as caixas e a loja online. “Neste momento, temos oito caixas diferentes e a ideia é ir testando e aumentado a lista, também consoante as sugestões que nos deixam”, explica o fundador.

Workshop de encadernação © Divulgação

Mas como funcionam estes kits de iniciação? Ao contrário de quando Hugo começou a pôr as mãos na massa, eles já dispensam vídeos. Os guias com instruções passo a passo (e o mínimo de jeito, vá) são suficientes para chegar a um objeto final, seja ele uma vela aromática, um sabonete ou uma imitação de um Van Gogh ou de um Picasso. Bombas de banho, stencil, carimbos, caligrafia e encadernação tradicional japonesa (estes dois últimos são os best-sellers) também são opções. Lá dentro, encontra todos os materiais indispensáveis ao cumprimento da tarefa.

“No futuro, queremos abordar a portugalidade nas caixas”, releva Hugo Felix. Ainda sem data de lançamento, os novos workshops caseiros podem vir a incluir bordados com ponto de Arraiolos e pintura em azulejo, além de técnicas já oferecidas com níveis de dificuldade mais exigentes. Em marcha estão também esforços para tornar estas caixas mais sustentáveis. Atualmente, são 65% dos materiais são fabricados em Portugal e 25% tem origem na Europa, com as importações da Ásia reduzidas ao mínimo.

Workshop de pintura a óleo © Divulgação

“Temos mais plástico do que gostaríamos, mas estamos a trabalhar nisso. De qualquer forma, o que temos é reutilizável”, acrescenta. A internacionalização da Workshoped é projetada para 2021. Para já, a grande maioria das encomendas internacionais chegam de comunidades portuguesas. As instruções em inglês estão prontas a entrar em circulação, embora isto dos trabalhos manuais tenha sempre o seu quê de intuitivo.

Nome: Workshoped
Data: 2017
Pontos de venda: loja online
Preços: de 19,99 a 39,99 euros

100% português é uma rubrica dedicada a marcas nacionais que achamos que tem de conhecer.