A forte precipitação registada na madrugada desta quarta-feira em Vila Nova de Gaia entupiu sargetas e impediu o acesso das viaturas de emergência às urgências do Hospital Eduardo Santos Silva, segundo confirmou ao Observador o subchefe dos Bombeiros Sapadores locais, Fernando Costa. De acordo com a TSF, que cita fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro, a chuva intensa provocou também inundações em casas e ruas do Porto, Matosinhos e Gaia. Entre as 4h e as 8h os bombeiros foram chamados para mais de 40 ocorrências.

Em declarações à Rádio Observador, fonte dos Bombeiros Sapadores de Vila Nova de Gaia explicou que a situação no hospital, provocada pela “forte precipitação registada entre as 5h30 e as 6h15”, foi rapidamente resolvida cerca das 7h.

“Houve uma forte precipitação e o escoamento de águas não foi suficiente. A nossa viatura teve de intervir no acesso às urgências do hospital”, acrescentou.