460kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Companhia das Caldas da Rainha inicia temporada com “Planeta Vinil”

Este artigo tem mais de 2 anos

A companhia Teatro da Rainha, das Caldas da Rainha, vai arrancar a temporada com um espetáculo para a infância. “Planeta Vinil”, de Cecília Ferreira, aborda “o aquecimento global e a cegueira humana".

O texto aborda “o aquecimento global e a cegueira humana, a falta de ar, a seca, a conversão do planeta azul em cinza global”, pode ler-se numa sinopse divulgada
i

O texto aborda “o aquecimento global e a cegueira humana, a falta de ar, a seca, a conversão do planeta azul em cinza global”, pode ler-se numa sinopse divulgada

D.R.

O texto aborda “o aquecimento global e a cegueira humana, a falta de ar, a seca, a conversão do planeta azul em cinza global”, pode ler-se numa sinopse divulgada

D.R.

“Planeta Vinil”, de Cecília Ferreira, é a primeira criação do Teatro da Rainha a subir ao palco em 2020, ano em que companhia das Caldas da Rainha arranca a temporada com um espetáculo para a infância.

“Ser companhia residente implica deveres de cidadania que [a companhia] tem de fundir com os intentos especificamente artísticos”, defende o Teatro da Rainha, que esta sexta-feira anunciou para o dia 8 de fevereiro a estreia de “Planeta Vinil”.

O espetáculo, da autoria de Cecília Ferreira, aborda a temática “extinção”, que a companhia considera atormentar a humanidade “quase diariamente e que se manifesta de formas tão extraordinariamente diversas que não cabem nas interpretações”.

O texto aborda “o aquecimento global e a cegueira humana, a falta de ar, a seca, a conversão do planeta azul em cinza global”, pode ler-se numa sinopse divulgada.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Ao palco da Sala Estúdio do Teatro da Rainha, nas Caldas da Rainha, subirão quatro estranhas criaturas: um escaravelho vaca-loura, uma menina, um peixe-napoleão e uma galinha Legorne Branca, que se encontram “em fuga numa demanda do avesso”, que se converte “numa viagem mental”, que demonstrará que a extinção é uma construção dos humanos “que a constroem destruindo tudo”, refere a companhia.

“Planeta Vinil” surge assim como “uma receita — aprendida em processo de aventura — contra o suicídio global planetário”, pode ler-se na sinopse.

A peça foi encomendada, pela companhia que este ano completa 35 anos, a Cecília Ferreira, dramaturga licenciada pela Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo (ESMAE), do Porto.

Cecília Ferreira escreveu um conjunto de peças e concebeu experiências teatrais, principalmente no coletivo feminino Teatro a Quatro e é autora, entre outros textos, de “A Acompanhante”, que recebeu o prémio de dramaturgia da Sociedade Portuguesa de Autores, e que foi estreada no Teatro Aberto, em Lisboa, em 2014.

“Planeta Vinil” tem encenação de Fernando Mora Ramos, cenografia de Patrícia Guimarães, música de Eduardo Raón e interpretação de Cibele Maçãs, Mafalda Taveira, Fábio Costa e Nuno Machado.

O espetáculo pode ser visto no dia 8 de fevereiro, às 16h e às 21h30, no dia 15, às 21h30, e, no dia 16, às 16h. Haverá ainda sessões para escolas de 6 a 21 de fevereiro, às 10h30 e às 14h30.

Loja Observador Lifestyle

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.