Os responsáveis pela Ford têm o hábito de, nos anos pares, apresentar um Mustang Cobra Jet concebido propositadamente para provas de arranque, as drag races de que os americanos tanto gostam. Tudo passa pela Performance Parts, o departamento de peças da marca, que assim promove a venda de mais peças de competição. Veja aqui o Mustang Cobra Jet que a Ford apresentou em 2016, que extraía 500 cv do 5.0 V8 sobrealimentado:

Em 2018, a Ford elevou a fasquia e o Cobra Jet, recorrendo ao mesmo motor, fornecia 850 cv, garantindo percorrer o ¼ de milha (cerca de 402 metros) em 8,5 segundos, o que é um valor muito respeitável. Como, aliás, pode ver no vídeo abaixo:

Aguardava-se a surpresa que a marca teria reservada para 2020, ano em que iniciará a comercialização do seu primeiro veículo eléctrico capaz de vender em volume, o SUV Mach-E. E a expectativa não saiu defraudada, uma vez que os engenheiros da Ford conceberam o melhor Cobra Jet de sempre, com um motor de 1420 cv e, como seria de esperar, eléctrico e alimentado por baterias.

A Ford não levantou muito a ponta do véu sobre o Mustang Cobra Jet de 2020, mas a realidade é que fácil montar um ou dois motores para somar 1420 cv. E, para simplificar a adaptação de um Mustang de drag race de gasolina para eléctrico, os técnicos mexeram apenas no que era imprescindível, retirando o motor 5.2 V6 soprado por um compressor volumétrico, trocando-o pela unidade (ou unidades) eléctrica, que foram fornecidas pela Cascadia Motion, que também instalou o inversor e as baterias.

5 fotos

O motor eléctrico está depois acoplado à mesma caixa de velocidades do motor a gasolina, a automática de três velocidades de competição muito usada nas drag races, a Reid SH400, não existindo igualmente alterações a nível do veio de transmissão e eixo traseiro.

Para já a Ford reclama o potencial de percorrer o ¼ de milha em 8,5 segundos, o que é um bom valor, mas não para 1420 cv, sendo aliás o mesmo atingido pelo Mustang de 2018, que possuía “apenas” 850 cv.

Ao contrário de outros Mustang Cobra Jet, este não será para vender, nem para promover a comercialização de peças de competição da Ford, mas aguardamos que o fabricante divulgue mais pormenores sobre o modelo, que pode ver aqui: