O novo Série 4, a versão coupé de duas portas do Série 3, vai chegar a Portugal em Outubro, com valores a partir de 49.500€. Mas se o preço parece competitivo, o modelo ficará sobretudo na memória por estrear a nova frente, com uma grelha mais generosa e vertical, que consiste numa versão gigantesca do duplo rim que desde sempre caracteriza os modelos da BMW.

A nova geração do Série 4 anuncia um comprimento de 4,77 metros, ligeiramente maior do que o Série 3, uma largura de 1,85 m e 1,38 m de altura, o que o torna 12,8 cm maior do que o seu antecessor, 2,7 cm mais largo e 0,6 cm mais baixo. Isto confere ao coupé da BMW dimensões mais generosas do que os rivais de duas portas da Audi e Mercedes. Paralelamente, a distância entre eixos é de 2,85 m, mais 4,1 cm do que o antigo Série 4.

13 fotos

A BMW reclama para o coupé um centro de gravidade 2,1 cm mais baixo, o que ajuda no comportamento em curva, enquanto o dotou com uma via traseira 2,3 cm mais larga e mais camber nas rodas dianteiras. Por dentro, a sensação de estar a bordo de um BMW mantém-se, com a marca a pretender não correr o risco de afastar os seus clientes mais tradicionais, deixando as “modernices” para a versão eléctrica do Série 3, que recorre ao mesmo chassi, mas com um pack de baterias aparafusado na zona inferior. Os clientes irão gostar de saber que vão poder ter acesso ao Apple CarPlay e ao Android Auto sem custos adicionais ou mensalidades.

Motorizações há várias e todas elas a gasolina ou a gasóleo. Entre as primeiras, o destaque vai para o 420i (equipado com um motor com quatro cilindros 2.0 Turbo de 184 cv), para o 430i (com o mesmo motor mas mais puxado, atingindo 252 cv), com a versão mais possante a gasolina a montar o seis cilindros 3.0 de 374 cv. Referimo-nos ao M440i XDrive, com tracção integral. A gasóleo surge o 420d (190 cv), para depois, em 2021, passar a estar disponível o M440d xDrive com 340 cv e motor de seis cilindros.

A BMW anuncia que o M440i e os dois motores diesel contam com um sistema mild hybrid a 48 volts, em que um pequeno motor eléctrico com 8 kW, cerca de 11 cv, ajuda os motores a combustão nos momentos do arranque ou nas reacelerações. Este pequeno motor eléctrico, que substitui os tradicionais motor de arranque e alternador, é alimentado por uma bateria, devendo reduzir o consumo em cerca de 0,5 l/100 km.

7 fotos

A versão mais acessível será o 420i, proposto por 49.500€, enquanto a versão mais barata a gasóleo, o 420d, surge com um preço de 52.800€. O Série 4 mais potente, pelo menos de momento, será o M440i xDrive Auto, a comercializar por 84.800€.