O governo espanhol anunciou hoje a candidatura da sua ministra da Economia, Nadia Calvino, para substituir o português Mário Centeno na presidência do Eurogrupo.

“A vice-presidente económica do governo, Nadia Calvino, será candidata à presidência do Eurogrupo, um órgão fundamental para a cooperação entre os membros da zona euro e para a construção de uma Europa mais forte e mais unida”, segundo comunicado enviado às redações em Madrid.

Madrid informa ainda que “Espanha vai hoje formalizar a sua candidatura” e que o primeiro-ministro, Pedro Sánchez, considera que seria “uma honra para o Governo espanhol” se Nadia Calviño pudesse presidir ao Eurogrupo, “uma responsabilidade que a Espanha nunca exerceu e que nunca foi exercida por uma mulher antes”.