O Sporting defende no sábado a liderança destacada da I Liga portuguesa de futebol na receção ao Moreirense, numa oitava jornada em que Benfica e FC Porto têm deslocações que prometem ser complicadas.

No mesmo dia em que os ‘leões’ jogam no Estádio José Alvalade, o FC Porto defronta o Santa Clara, nos Açores, enquanto, na segunda-feira, no jogo que encerra a ronda, o Benfica vai à Madeira medir forças com o Marítimo.

Com Pedro Gonçalves, melhor marcador do campeonato, com sete golos, e Nuno Mendes em dúvida, devido a problemas físicos, o Sporting vai tentar manter ou até aumentar a diferença de quatro pontos para os principais perseguidores, Benfica e Sporting de Braga, que dividem o segundo posto, num encontro em que é claro favorito.

A equipa de Rúben Amorim, que vem de uma goleada sobre o Sacavenense (7-1), para a Taça de Portugal, procura somar a sexta vitória seguida, quinta na I Liga, enquanto o Moreirense, 11.º classificado, que também se apurou para quarta ronda com um triunfo sobre o Merelinense (1-0), do terceiro escalão, apenas por uma vez ganhou nas últimas cinco jornadas.

Em 10 duelos em Alvalade, apenas por uma vez o Sporting não conseguiu bater o Moreirense, na temporada de 2014/15, quando as duas equipas acabaram o jogo empatadas 1-1. Na altura, um golo do colombiano Fredy Montero, já nos descontos, impediu a primeira vitória de sempre dos forasteiros.

Na formação de Moreira de Cónegos, o técnico César Peixoto vai fazer a estreia no principal escalão, depois de ter rendido Ricardo Soares.

O encontro tem início agendado para as 20:30, já depois do FC Porto defrontar em São Miguel o Santa Clara, oitavo posicionado na I Liga.

Dias depois do triunfo (2-0) em França com o Marselha, de André Villas-Boas, que deixou a equipa a apenas um ponto dos ‘oitavos’ da a Liga dos Campeões, os ‘azuis em brancos’, que estão no quarto posto a seis pontos do Sporting, tentam registar a segunda vitória seguida no campeonato, algo que só alcançaram nas duas primeiras jornadas.

O capitão Pepe poderá regressar ao centro da defesa dos campeões nacionais no duelo frente ao sexto classificado da I Liga, embora o Santa Clara esteja numa fase complicada, com três derrotas nas últimas quatro rondas.

Em cinco jogos nos Açores, o FC Porto só por uma vez foi derrotado, em 2001/02, por 2-1, tendo vencido os restantes.

Na segunda-feira, o Benfica também atua fora de Portugal continental, mas na Madeira, dias depois do embate com o Rangers, na Escócia, para a Liga Europa.

Infetado com o novo coronavírus, o médio marroquino Adel Taarabt é baixa certa na equipa de Jorge Jesus, enquanto o uruguaio Darwin Núñez e o alemão Julian Weigl, que também tiveram um teste com resultado positivo, mas há mais tempo, estão em dúvida.

O Marítimo, de Lito Vidigal, segue no 14.º posto da I Liga, apenas dois pontos acima da zona de descida, situação que resulta de três derrotas e um empate nas últimas quatro rondas.

Nas últimas quatro temporadas, o Benfica apenas por uma vez conseguiu vencer no Estádio dos Barreiros, tendo das outras vezes regressado a casa com duas derrotas e um empate na ‘bagagem’.

Destaque ainda para o Sporting de Braga, que no domingo procura se manter na luta pelo primeiro lugar na receção ao Farense, antepenúltimo classificado e equipa que apenas alcançou a sua primeira vitória na última jornada, perante o Boavista (3-1).

A oitava ronda arranca na sexta-feira, com a receção do Paços de Ferreira ao Famalicão (19:00) e do Tondela ao Vitória de Guimarães (20:30).

Programa da oitava jornada:

  • Sexta-feira, 27 nov:

Paços de Ferreira – Famalicão, 19:00

Tondela – Vitória de Guimarães, 20:30

  • Sábado, 28 nov:

Santa Clara – FC Porto, 17:00 locais (18:00, horas de Lisboa)

Sporting – Moreirense, 20:30

  • Domingo, 29 nov:

Portimonense – Nacional, 15:00

Gil Vicente – Rio Ave, 15:00

Boavista – Belenenses SAD, 17:30

Sporting de Braga – Farense, 20:00

  • Segunda-feira, 30 nov:

Marítimo – Benfica, 19:00