O serviço de saúde britânico vai iniciar um projeto experimental de testes de sangue que poderá detetar mais de 50 tipos de cancro num tempo muito menos reduzido do que os procedimentos normais, o que poderá salvar milhares de pessoas, devido ao diagnóstico precoce da doença, avança a CNN.

O teste de sangue, de nome Galleri, está a ser desenvolvido por uma empresa da Califórnia chamada Grail, que têm como alguns dos seus investidores Bill Gates e Jeff Bezos — as cobaias serão 165.000 utentes do serviço de saúde britânico.

“Adicionar o teste Galleri ao padrão de tratamento existente” aumenta o “potencial de diminuir o número de cancros diagnosticados em fases finais em quase metade, o que poderia reduzir o número total de cancros no Reino Unido em aproximadamente um quinto”, disse Simon Stevens, chefe do serviço nacional britânico à CNN.

A deteção do cancro numa fase precoce, principalmente em cancros como o dos ovários e do pâncreas, “tem o potencial de salvar muitas vidas”, frisou o responsável de saúde britânico.

O programa piloto vai começar em meados de 2021 e das 165 mil pessoas envolvidas, 140.000 estão na faixa etária dos 50 aos 79 anos. Todos os participantes são assintomáticos.

Os resultados só deverão ser conhecidos em 2023, sendo que o serviço de saúde britânico espera que o teste chegue a mais de um milhão de pessoas em 2025.