A Câmara de Aveiro deliberou esta quinta-feira ratificar o acordo de colaboração com o Ministério da Educação (ME) para a remoção de amianto nas escolas básicas do concelho.

São abrangidas as escolas Castro Matoso (Oliveirinha), Aradas, Eixo, Rio Novo do Príncipe (Cacia) e Escola Básica e Secundária Jaime Magalhães Lima, e ainda a Escola Aires Barbosa, faltando clarificar a situação desta última.

A obra relativa às quatro primeiras escolas está em fase de adjudicação, segundo informação municipal.

O Acordo envolve também o Ministério da Coesão Territorial e o Programa Operacional do Centro 2020 que garantem o financiamento da operação com Fundos Comunitários a 100%.

Este Acordo pressupõe que as operações de remoção de amianto nas Escolas do Ministério da Educação não integradas neste Acordo, nomeadamente a Escola Básica de 2º e 3º Ciclo de São Bernardo, o Conservatório de Música Calouste Gulbenkian e a Escola Secundária Homem Cristo serão integradas nas obras profundas que queremos iniciar com a máxima brevidade possível, nos mesmos termos do que foi feito na Escola Básica de 2º e 3º Ciclo João Afonso de Aveiro e na Escola Secundária Jaime Magalhães Lima, com protocolos específicos entre a Câmara de Aveiro e o Ministério da Educação”, esclarece a autarquia em nota de imprensa.