O Conselho de Ministros aprovou este sábado a autorização de realização de despesa no montante de 23 milhões de euros para a aquisição, pela AT, de licença empresarial de ‘software’ e serviços de suporte de ‘hardware’ para o período 2021-2023.

“Foi autorizada a realização de despesa relativa [à] aquisição, pela Autoridade Tributária e Aduaneira [AT], de um modelo de licenciamento empresarial para o ‘software’ e serviços de suporte da infraestrutura de ‘hardware’ IBM, para o período de 2021 a 2023”, lê-se no comunicado divulgado no final da reunião do Conselho de Ministros.

O valor de despesa em causa para o período considerado é de 23 milhões de euros, segundo indicou à Lusa fonte do Governo.

O mesmo documento refere que este novo modelo de licenciamento empresarial “permite acomodar o crescimento necessário da infraestrutura tecnológica, consolidar a contratação e reduzir custos através da flexibilidade e previsibilidade de encargos”.

O Conselho de Ministros esteve reunido este sábado tendo aprovado o decreto que concretiza as medidas que vão vigorar no âmbito da prorrogação do estado de emergência decretado pelo Presidente da República, em todo o território nacional continental, para o período entre as 00h00 do dia 09 de dezembro de 2020 e as 23h59 do dia 23 de dezembro, assim como as medidas aplicáveis na quadra do Natal, tendo em consideração uma nova renovação.

Posso ir passar o Natal à terra? E no Ano Novo posso juntar amigos? O que pode e não pode fazer