Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Elon Musk já nos habituou aos produtos mais estranhos para promover as suas empresas, do lança-chamas da Boring Company à Tequilla e às pranchas de surf da Tesla. Agora há quem pretenda que o construtor norte-americano de eléctricos se envolva na comercialização de chuteiras da marca.

A ideia pode parecer descabida, uma vez que há grande diferença entre vender a fãs bonés, t-shirts ou camisolas com capuz e chuteiras de futebol, que para mais não é um dos desportos mais populares nos EUA. Mas os seguidores da marca parecem ser capazes de comprar qualquer coisa, a avaliar pela velocidade com que se esgotaram as unidades disponíveis dos lança-chamas, das pranchas de surf ou até das garrafas de tequila.

A ideia das botas de futebol não partiu da Tesla, mas sim do designer Hussain Almossaw, do Mossawi Studios, que já trabalhou para a Adidas e Nike. No passado este desenhador surpreendeu com alguns protótipos de automóveis que concebeu em imagens geradas por computador, como pode ver aqui.

As chuteiras que concebeu com a marca da Tesla aparentam ser sofisticadas e elegantes, certamente capazes de fazer as delícias dos fãs do construtor, especialmente os que gostam de futebol ou soccer, consoante o lado do Atlântico. Contudo, não houve ainda reacção de Musk às chuteiras, nem se lhe conhece grande paixão pelo futebol.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR