O presidente do parlamento destacou esta quinta-feira a sua convergência de opiniões com o novo presidente do Tribunal Constitucional na “defesa da Democracia, do Estado de Direito e da divisão de poderes”.

Ferro Rodrigues esteve reunido esta quinta-feira cerca de meia hora com João Caupers, na Assembleia da República (AR), em Lisboa, e no final o juíz conselheiro não fez quaisquer declarações aos jornalistas.

João Pedro Caupers é o novo presidente do Tribunal Constitucional

Horas depois, o gabinete do presidente da AR divulgou uma nota sobre a audiência de apresentação de cumprimentos em que se afirma: “Foi uma reunião muito agradável, construtiva e consensual no objetivo de defesa da Democracia, do Estado de Direito e da divisão de poderes bem expressa na Constituição.”

Esta reunião aconteceu um dia depois de a comissão parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias para a audição de João Caupers sobre alegadas afirmações homofóbicas, proposta pelo PAN, e rejeitada por PS, PSD, PCP, CDS e Chega. PAN e BE votaram a favor.

PS, PSD, PCP, CDS e Chega justificaram a sua posição com a separação de poderes.