Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A Câmara Municipal de Cascais anunciou esta terça-feira um serviço de teleconsultas gratuitas para os cidadãos do município, no âmbito da criação de uma rede de Serviços Locais de Saúde e Solidariedade Social (SL3S). A autarquia quer aliviar a pressão em centros de saúde e hospitais, bem como colmatar os atrasos nas consultas provocados pela pandemia de Covid-19.

São vários os serviços gratuitos fornecidos aos cidadãos. Estão disponíveis teleconsultas de medicina geral e de pediatria 24 horas por dia que incluem a entrega de medicamentos ao domicílio e o transporte em ambulância, se recomendado pelo médico.

O presidente da Câmara Municipal de Cascais, Carlos Carreiras, considera que estes serviços se tratam de complementos ao Serviço Nacional de Saúde porque respondem a atrasos nas consultas provocados pela Covid-19 e “desanuviam” a pressão sobre os centros de saúde e hospitais.

O financiamento do serviço de saúde gratuito em regime de teleconsulta vai ser feito com recurso ao IMI. A autarquia tem vindo a baixar o imposto todos os anos mas vai deixar de o fazer e vai canalizar o dinheiro para estes serviços. Carlos Carreiras considera mesmo que dado que o valor do imposto está nos 0,34, “não justifica continuar a baixar”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A Câmara Municipal de Cascais procura também, com a criação deste serviço de saúde, responder aos 12% da população sem médico de família no município e aos 40% sem seguro de saúde.

A autarquia começou também a testar uma cabine de saúde. Trata-se de um equipamento que vai permitir fazer teleconsultas com recurso a exames de diagnóstico, tais como eletrocardiogramas, otoscopias, estetoscopias e medição de oxigénio no sangue. O modelo está em teste e por agora só existe uma cabine de saúde em São Domingos de Rana. Se o modelo tiver sucesso, a autarquia prevê que seja implementado por todo o município, num total de uma cabine por freguesia.

Para ter acesso ao serviço de saúde gratuito em regime de teleconsulta, os cidadãos residentes em Cascais têm de ter o Cartão Viver Cascais e ligar para o número disponibilizado pela autarquia 800 203 186.