Índice

    Índice

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O Observador republica este texto original de 13 de fevereiro de 2018 a propósito da acusação da Operação Lex que envolve Rui Rangel e Fátima Galante

20 de março de 1997. Faltam cinco minutos para o meio-dia quando Fátima Galante deixa o Palácio da Justiça de Lisboa, na Marquês de Fronteira. Vai falhar a aula no instituto de inglês Cambridge School, que termina daí a 25 minutos. No entanto, é para lá, para a Avenida da Liberdade, que se dirige. Tem um encontro marcado às 12h30 com Hernâni Patuleia, na “Bela Ipanema”, paredes meias com a Cambridge e uma pastelaria que ambos costumam frequentar. Desta vez, no entanto, não é o solicitador e amigo pessoal quem aparece: é Ana do Vale, colaboradora de Patuleia, que vai ao seu encontro. É ela quem revela que o solicitador tinha sido detido pela Polícia Judiciária no dia anterior. 

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.